“A Ira feminina”


Add your thoughts here… (optional)

CorpoInConsciência

irafem

Sinto-me dentro de um caldeirão, sendo cozinhada através dos tempos, com os ingredientes do “pecado original” — a culpa da decadência humana é minha, a força poderosa que amedronta, a que destrói ou fortalece, sou eu. A responsabilidade de resignificar essa história, descobrindo sua essência bem dentro de mim, é minha também. Sou Mulher.

Perceber a “crueldade feminina” diante do sofrimento imposto à mulher através da história de nossa gênese enquanto seres humanos, é tarefa hercúlea. Requer ponderação, busco dentro de mim, os primórdios do meu próprio sofrimento, para entender e dar à luz a verdadeira redenção feminina, que eu tanto necessito para simplesmente ser. Acredito ser esse o grande sofrimento da alma feminina: não conseguir simplesmente ser. Tantas mulheres morreram pela culpa, pelo veredicto que se impôs a elas na história. Mártires e sacrificadas somos nós até hoje…A civilização sempre contradisse o verdadeiro anseio feminino. O anseio de libertação, de…

Ver o post original 1.057 mais palavras

Anúncios