Leve borboleta


 

borboletas-raras

Eu sou um recém nascido
permanente
na impermanência

Sou um sistema digestório
multidimensional
em constante adaptação

Muitas coisas “entram
pelos 7 buracos da cabeça”
todo dia igual
e ainda tão surpreendente

Sou ar por dentro, vata
Sou dor todo dia
Aqui e acolá, todo dia

Sou filha de Maria
E conheço a rainha de copas
e o chapeleiro louco

Sou de vento, de raiz, de sol e água
Eu sou a dependência de Einstein
E penso na dor que sente agora
cada mundo e o mundo todo

Sou o estômago que dói, a sofreguidão do peito
e o choro da alma

Sou a borboleta leve e o casulo de coração pulsante…

Observe a respiração
Articule sua mente
http://www.facebook.com/corpoinconsciencia

Anúncios