A corrente positiva do dinheiro


chakras44

Com o grande avanço tecnológico e, atualmente, com o surgimento da Internet, o “mercado” tornou-se global e muito mais cômodo. Podemos adquirir qualquer bem que estiver dentro de nossas possibilidades financeiras em qualquer parte do planeta.

Quando compramos algo, seja através de um computador, de um telefone, ou simplesmente indo a uma loja ou a um mercado, desencadeamos um processo, no qual muitas pessoas são envolvidas.
Usemos um exemplo bem simples: quando compramos uma caixa de fósforos, através de qualquer meio de comércio, estamos adquirindo o produto final do trabalho de uma série de pessoas.

Vejamos: alguém plantou uma árvore, que foi cortada e transportada por uma máquina até uma madeireira, que a vendeu a uma fábrica, que a cortou em diversos palitos, montou cada um com o produto que através da fricção o faça acender, montou as embalagens e coloco a cargo de uma empresa, fazer a distribuição ao estabelecimentos que atendam ao público em geral.

Agora, pare e pense. Desde o início do processo, quantas pessoas foram envolvidas até chegar à caixa de fósforos em nossas mãos? Se pensarmos que cada trabalhador envolvido neste processo tem família, multiplicamos ainda mais os envolvidos.

Só citamos um produto, e quantos não existem que utilizamos diariamente?

Se visualizarmos a cada nova aquisição que fizermos, que estamos colaborando com o trabalho e a manutenção de um grande número de pessoas, estaremos pensando no dinheiro com muito mais carinho e libertando a energia poderosa que nele existe.

Da mesma forma, quando somos avarentos, ou seja, acumulamos o dinheiro apenas por acumular, não permitindo que essa energia positiva circule, ai sim, estaremos transformando o dinheiro em nosso senhor, e essa energia estagnada, com certeza, não nos fará bem.

Não queremos dizer que não devemos poupar ou termos nossas reservas, mas você deve saber muito bem a diferença entre poupar e ser avarento. Não precisamos também, comprarmos tudo o que virmos a nossa frente.

Que apenas, quando adquirimos algo, não o façamos com dó do que estamos gastando, mas sim, com alegria e desprendimento, na certeza que, através do nosso ato, estaremos circulando a energia positiva do dinheiro, auxiliando direta e indiretamente a muitas pessoas.

Onde quer chegar Embora todos desejamos tê-la, a idéia de prosperidade pode, às vezes, ficar vaga em nossa mente.
Antes de começarmos este nosso novo processo, que é o de sermos prósperos de uma vez por todas, é importante fixarmos objetivos e metas que queiramos alcançar.

Analise o que é prosperidade segundo seu ponto de vista, pondere quais seriam as coisas ou acontecimentos que lhe fariam sentir-se mais feliz, mais saudável, mais jovem, ou “realizado”.

Não se esqueça que, para darmos uma grande caminhada, necessitamos de muitos passos; portanto, apenas como uma sugestão, estabeleça grandes objetivos, mas determine metas intermediárias, onde possa ir dando seus passos rumo a seus grandes objetivos, de uma forma determinada e constante.

Trecho do livro Prosperidade em 42 Dias, de Humberto C. Pazian

CorpoInConsciencia
Faça-se uma gentileza
Observe sua respiração
Articule sua mente

Anúncios

Um pensamento sobre “A corrente positiva do dinheiro

  1. gostei mto do texto. faz mto sentido! acho q o unico problema eh q no nosso sistema onde a máxima eh o lucro, existe um enorme desequilibrio desta arvore genealógica de cada produto.. mtas pessoas sao exploradas para esse processo acontecer, todo mundo contribui p fazer o pão, mas poucos recebem uma parte justa. mas esse texto eh totalmente aplicável e sensato em uma sociedade mais equilibrada, justa e pq nao dizer amorosa.

    Curtir

Os comentários estão desativados.