Sentimento de reciprocidade


Acredito que está na hora de fazermos uma reflexão!
Perguntas pontuais:
Estou comprometido com os meus desejos?
Vou fundo em tudo o que quero ou sou daqueles (as) que logo desiste fácil?

Convido a todos inclusive a mim mesmo avaliar até onde me comprometo, se sou capaz de ir fundo nos meus projetos de vida acreditando nas coisas que ainda não vejo mas que sei que fazem parte de tudo que acredito e assim aposto.

Liberdade é muito bom mas viver solta sem foco na vida é muito triste!
Este site é um projeto além de informativo, pois ajuda muitas pessoas a se conscientizarem do seu todo e mudar de atitude para algo melhor, enfim…
Eu me comprometo em participar dessa contribuição com muita alegria, apostando no valor que este site tem.
Ficar sozinho é muito chato! Vamos nos juntar e sair da nossa área de conforto.
Abraços

Monica Pimenta

…………

Essa fala rasgada, prática e amorosa dessa querida amiga e profissional, me conforta, apenas por saber que existe a possibilidade de entendimento sobre a questão material,
com dignidade, generosidade e cura.
O material é o dinheiro, é também o corpo que habitamos.
Em palavras simples, ela disse tudo. Ficar sozinho é muito chato mesmo.

Você pode participar de quatro maneiras.

1- Aulas de Corpo em Grupo presencial

2- Terapias OnLine personalizada

3- Publique – Uma parceria de serviço à Nova Consciência

4- Doação que serve para ajudar na manutenção do site e custear aqueles que não podem pagar pelos serviços.

 

CorpoInConsciencia

Faça-se uma gentileza
bserve sua respiração
Articule a mente

Anúncios

6 pensamentos sobre “Sentimento de reciprocidade

  1. Engraçado como nós temos a capacidade de cada um de uma forma, kkk
    Eu tb entendi como Monica…
    Acho que, o que ela descobriu sozinha, com certeza ela gostaria de dividir o seu momento com alguém.
    Bjusss TC.

    Curtir

  2. Ficar sozinho nao é chato, quando se está sentindo-se completo e inteiro.. compartilhar momentos e alegrias são fundamentais em nossas vidas, mais ficar só as vezes também são momentos necessários na caminhada evolutiva.

    Curtir

    • Certamente, o que a Monica quis apontar, no meu entender, é quando nos sentimos sozinhos, no sentido da falta de reconhecimento factual, quando se está recebendo benefícios. Posso estar enganada, mas assim compreendi. Obrigada pela participação, consciência Luiz Henrique. Vou pedir para que ela mesma te responda também. Ótimo dia pra vc!.

      Curtir

    • Concordo com vc Luis. O problema é que vc quer ficar sozinha e não te deixam. Uma coisa é compartilhar momentos com quem a gente quer. Outra é te sufocarem por causa disso: exigem isso de vc, na marra. Às vezes tenho vontade de pegar o carro e sair, sem destino e, realmente ficar sozinha. Aí, se sentir saudades vou voltando, devagarinho, sem pressa e, quem sabe ser feliz sem cobranças do tipo vc não sabe ser mãe, vc não me ama e assim vai.
      Isso sufoca…

      Curtir

Os comentários estão desativados.