Igor Sibaldi e a técnica dos 101 desejos


Traduzido por Regina Garcia de Toledo

vIgor Sibaldi (Milan, Italy, 15 June 1957), born from Russian mother and Italian father, is an Italian writer, scholar of theology and history of religion. Contents Sibaldi is the author of numerous works on the Scripture and shamanism. He regularly holds conferences and seminars in Italy and abroad about mythology, exegesis and depth psychology. He worked for a long time on angelology in Jewish tradition, equalizing it to an ancient form of psychology. His favourite style is the essay-novel form. He has published, among the others, The Invisible Teachers (Mondadori) The forbidden fruit of knowledge (Frassinelli) The Ark of the new Masters (Frassinelli) The invisible world (Frassinelli) Book of Angels (Frassinelli) and new translations of Genesis (The Book of Creation, Frassinelli) and the Gospel of John (The Gospel’s Secret Code, Sperling and Kupfer).[1]

 

Convido a todas as consciências amigas a preparar seus cadernos e utilizar essa maravilhosa ferramenta de manifestação do pensamento.

Em 2014, Regina Antonia Gracia de Toledo e Eu, estaremos recebendo Igor Sibaldi no Brasil pela primeira vez. Aguardem mais traduções e novidades sobre este evento.

“A tecnica dos 101 desejos  se faz assim:
– comprar dois cadernos, um para rascunho e um para os desejos já prontos.
E se começa pelo caderno do rascunho onde vocês devem escrever 150 desejos respeitando a seguintes regras.

Regra 1 –
Todos os desejos começam com “eu quero”.
Por que  “eu quero” e nao  “eu desejo” ou “eu gostaria”?

Porque desejar e querer sao duas coisas muito diferentes.
Desejar vem do latim de siderar, siderar, de estrela,  o contrario de considerar.
Uma pessoa que “deseja” nao “considera”.
“Desiderare” – desejar, você quer mais daquilo que qualquer escolha te propõe.
É preciso por em movimento algo que se chama “Querer”.
O querer quer respostas precisas, claras, rapidas.

Regra 2 –
Não usar a palavra NÃO, porque o querer nao entenda a palavra NÃO.
Se voce diz “Eu nao quero o resfriado” , daqui a quinze minutos voce começa a espirrar.
E se eu quero dizer “Nao quero nenhuma doença”. Eu digo”quero estar perfeitamente bem.”

Regra 3-
Cada desejo deve ter no maximo 14 palavras, não mais, a vírgula e o ponto valem como uma palavra.

Regra 4-
Nao peçam histórias de amor e sexo com pessoas  precisas, porque em geral, as pessoas pedem com pessoas desocnhecidas: atores, atrizes, você os viu só em fotografias, talvez tenham mau hálito, talvez sejam baixinhos, bebam, ronquem, tiram meleca, sempre o dedo no nariz, coisas que não aparece no cinema e depois você está com eles ali com você.

Um erro trágico que uma pessoa pode fazer è “quero estar sempre com fulano”, depois conhece o modelo alto, de mãe sueca e pai eritreo, com os olhos azuis, e se apaixona perdidamente e voce pediu “quero estar para sempre com fulano”, o querer não entende essas coisas.

Regra 5
Não Fazer Comparações.

“Eu quero ser alto como…” O querer” nao entende. Voce quer ser alto “como aquele lá”, e te traz o mesmo tipo de cuecas, o mesmo tipo de problemas com os pais, etc… você é único, nao pode ser repetido, pense para você mesmo e basta.
Não roubar o desejo dos outros, não desejar o que os outros desejam, aprende a desejar só para você, sem comparações, isso é importante! Senão, começa acontecer aquilo que se chama inveja, que em latim, quer dizer “olhar torto”. Se voce olha para a frente, você vê aquilo que realmente quer. Porém , pode te vir em mente que aquele ali pode querer uma coisa mais inteligente.  Você olha para ele e não vê mais o que voce quer. Entao, nao façam comparações. Isto também è importante.

Regra 6

Nada de desejos em série.

O que quer dizer nada de desejos em série?
Eu quero um apartamento em Berlim, eu quero apartamento em Londrres, eu quero um apartamentoem Buenos Aires… Então compre uma imobiliaria. Quantos apartamentos voce quer? Nao è possivel todos estes apartamentos.

Cada desejo deve ser original, cada desejo deve te maravilhar, uma pessoa pode dizer: “Este é um trabalho enorme!”!
Claro dura um ano! Cento e cinquenta desejos assim, levam um ano. Um ótimo ponto de partida é: você se senta hoje à noite e faz nove. Quando chega ao nono, você se senta e bebe alguma coisa. Se dá conta que ja arrumou esta vida e a proxima vida.
Porém, sao 150! Ainda faltam 141… Quando chega aos 30, depois de um mês, voce diz: “não è possivel….”, porém você havia parado no nove. Voces entenderem? Você cava dentro de si mesmos,  è espantoso.
Depois do 50°, voce vai à descoberta não de territórios, mas de continentes interiores, isto è, a America, a Australia, a Polinesia, dentro de voce mesmo, que voce nunca viu! E chegam coisas belissimas!
Depois do 50° desejo, vem desejos assim poéticos, tão belos, esteticamente belos, que voce se diz: “eu nao sabia que eu era assim…”, não podia nem imaginar, me basta já te-los formulado…
Agora você passa pela cidade como uma criança, você pára em todos os lugares, olha uma janela e diz: “eu quero aquela janela ali. Estava em frente à minha casa ha 25 anos e eu nunca a havia visto. Não, é feia, não a quero.
Não há limite e vocês podem colocar aquilo que quiserem naturalmente, porém no caderno de rasculnhos, entao , esperem.

Regra 7:

Não se pode pedir dinheiro:

Por que não se pode pedir dinheiro? Porque è abstrato, dinheiro è matematica, é uma cifra matemática. UM bilhão, por que nao quatro bilhoes? Por que nao 18 milhoes de bilhoes? O  problema è, o que voce faz com isto? Não peça o dinheiro. Você quer um castelo? Não peça o dinheiro para comprá-lo, peça o castelo.
Não peça “eu quero comprar um castelo …” e sim “Eu quero um castelo”.
Por que comprar ? Ou” eu quero ver um castelo da minha janela…”, . É melhor vê-lo, que morar nele. Há ratos nos castelos, gigantescos.

Regra 8

Não se pode pedir para os outros:

O que significa “não se pode pedir para os outros?”
Para outros quer dizer: “eu quero que meu cunhado sare da doença que tem no joelho”. Não , não, não. Você não pode pedir para os outros. Este é um instrumento muito forte, com este instrumento aqui, você  nao tem nenhum limite. Você não pode saber se a pessoa para a qual você pede, tem energia suficiente para sustentar o que voce pede.

Você só pode pedir que você faça para os outros. Por exemplo, quer que teu cunhado pare de ter dor no joelho, por exemplo. Entao, não “eu quero que ele sare”, porque talvez ele morra, se sarar. Talvez è o meridiano do figado, do estomago, por sorte ele tem dor no joelho, senão corre o risco de que a doença suba e se torne um problema gástrico, então você pede ” eu quero fazer de maneira que ele sare disto…” Entao eu quero fazer de maneira que…” você paga, voce è o protagonista. Nao deixe o campo para ninguém. Esta è uma regra. O seu cunhado pode recusar, você pode apresentar alguém que pode curar seu joelho e ele pode recusar. Porem fiz aquilo que eu quis.

Regra 9.

Evitar diminutivos:
Uma pessoa , com ternura, pode dizer “quero uma casinha à beira-mar”.  Ai, nesse verão, caminhando, vê uma casinha na beira da praia (um brinquedo) e os seus espíritos guias que dizem, “está tudo nas regras”…
Então casinha, carrinho, noivinho, são coisas para serem evitadas. Peçam certo!
Regra 10

Deixar espaço , escrever dois desejos por pagina

Depois de escrever 150 desejos, reescreva os 101 desejos que escolher no segundo caderno, deixando um espaço entre um e outro, escrevendo só dois desejos por pagina.
Cada desejo satisfeito  deve ser cancelado e se acrescenta o próximo desejo. Esta è a parte mais enfadonha da técnica.

A parte mais agradável è a compilação ; a compilação muda o seu mundo,
muda literalmente o seu mundo, você sente fisicamente, que  muda o seu mundo.
Depois do 50° desejo você olha o mundo como uma criança que olha os seus brinquedos de três anos atrás e não tem mais significado para ela. Sabe que brincou, mas agora não lhe bastam. Antes eram personagens, agora são pedaços de plástico.
Depois, você deve lê-los sozinho, sem que ninguém saiba, uma vez por dia, por 365 dias, um ano.

Por que se deixa o espaço?
Para cancelá-los e substituí-los comodamente. Cedo ou tarde um dos desejos da pagina se realizará.
Ai você tem imediatamente 49 outros para substituí-lo e escreve outro no lugar daquele que se realizou.
Tudo durante UM ANO. Então durante um ano deve ser sempre 101.

Conselho: Ponham absurdos improvisados, são os que se realizam antes.
Por exemplo, a primeira vez que fiz esta técnica, è uma técnica budista reelaborada. A um certo ponto, havia o capitulo “carro”, me dei conta, eu não entendo nada de carros, naquele tempo, eu tinha uma “Diane” (um carro francês de baixo custo), vi um carro antigo, o primo pobre do “Jaguar”, eu queria um carro de luxo verde-escuro. Os outros desejos eram meditativos, atormentados, esse eu pus assim, de improviso, levou duas semanas para se realizar.
E vocês devem se preparar porque quando se realizam os primeiros, há o pòzinho magico em volta, isto è, voce sente o pòzinho magico, no meu caso foi assim.
Eu pensei depois de duas semanas. “nao posso esperar que toquem a campainha, com alguém trazendo  o “Rover” (o carro que ele desejava NDT). Comprei uma revista de carros  usados e foi a única vez  que a comprei. Havia o capítulo “Carros Antigos”. Olhei a pagina e no alto, havia o anuncio: “vende-se carro , (na marca desejada por Igor), verde-escuro,”  e uma frase belíssima que era ” a preço simbólico”. Eu gostei porque “simbólico” significava pouco  e também porque quem havia escrito sabia o que significava “simbólico”. A mim interessam estas coisas…
Telefonei e meu filho e eu, fomos conhecer este arquiteto que vendia o carro.
Quando nos conhecemos , ficamos uma hora e meia conversando , não do carro, havia uma série de semelhanças entre eu e este homem que não acabavam nunca, de  paixões, de interesses. No dia seguinte meu filho também, na escola, escreveu sobre o “arquiteto Poliani”, ele também ficou muito impressionado.

Fui para perto do carro e ligo o motor , e ele contente, me diz que deve vender por 1.800.000 liras (não havia ainda o euro- NDT). “Já vieram quatro pessoas ver o carro, mas todas querem para desmanche, são colecionadores, então o compram e desmancham. Ao senhor , desta vez vejo que agradou o carro. E não sei porque este preço. Levo o carro dia 21 de julho.

No dia 22 eu ia a Londres. Aqui começa o pòzinho” (magico). Desço do taxi no aeroporto de Milão, no ônibus ao meu lado, desce o Poliani. Eu digo “Poliani!”, nos conhecemos na semana passada!” e ele : “De fato”.
Fomos ao bar do aeroporto, e bebendo o café ele diz:” Onde o  senhor estava durante as Cruzadas?”
E eu digo: “Qual?” O “barman” limpando o balcão, nos olha… Eu digo: “com os cristãos” e ele me diz: “Ah,.. eu com os ãrabes!”.
eu disse “depois eu os trai, passei para os ãrabes”. E ele pergunta: “O senhor onde vai?”.
Eu: “Vou a Londres” Ele: “Eu vou a Barcelona”. Até as cidades eram exatas! Ele tinha que ir para a direçao da Arábia, eu ia para um país cristão!
Quando ele voltou da viagem, me telefonou  e disse:
“Entendi: o carro era um cavalo” e eu digo: “Poliani…os cavalos nas se reencarnam nos carros!”.
Ele diz não era naquele sentido…” E ele me diz: Fazia 800 anos que eu o estava procurando!”. (não importa se è verdade ou nao…) porque deve ter acontecido alguma coisa, eu tive sonhos, eu lhe devia um cavalo. Eu fiquei sem palavras…
O carro ficou ótimo e durou ainda dez anos quando parou definitivamente.

Traduzido por Regina Antonia Garcia De Toledo

(Texto completo em  italiano no video “Igor Sibaldi: la tecnica dei 101 desideri”. you tube).

Observe sua respiração

Articule a mente
Sandra Moreira De Almeida

Anúncios

6 pensamentos sobre “Igor Sibaldi e a técnica dos 101 desejos

    • Vou perguntar para Regina Antonia Garcia De Toledo.
      Ela foi quem traduziu e está aplicando essa terapia.
      Obrigada pelo comentário. Eu comecei a fazer meus rascunhos, não é tão fácil e simples como parece e alguns resultados são muito rápidos. Depende muito da precisão de sua frase. Vou abrir um chat-conferência e chamar a Regina para esclarecer alguns detalhes.
      Por favor, aqueles que querem participar, deixem aqui no comentário o melhor dia e hora. Para simplificar vamos combinar uma Quarta, as 20:00 hrs de Brasília. Sugestão são aceitas e mudanças possíveis. Vamos adequar para melhor aproveitamento.

      O Canal da conferência é este link abaixo:
      http://www.livestream.com/corpoinconsciencia

      Sandra Moreira De Almeida.

      Curtir

    • Bom-dia Paulo, vou continuar a traduçao das dez regras e sera publicada o mais breve possivel. Enquanto espera,compre dois cadernos para o rascunho e a elaboraçao dos 150 desejos iniciais, dos quais depois serao selacionados os 101 desejos. Um segundo caderno sera para os 101 desejos. Um abraço e aguarde…

      Curtir

Os comentários estão desativados.