Alongando na respiração


unnamed

A tensão crônica manifesta-se através dos encurtamento em nossos músculos e articulações.
Nas crises, ou seja, quando o corpo já não suporta mais se encolher, se inflamar e se contorcer para caber nas turbulências emocionais e mentais, sentimos dor e ficamos paralisados. A dor é a sua melhor amiga, já que ela é o alarme. É hora de prestar atenção.
Claro que você poderia ter parado uns 3 minutos para alongar aquela tensão na lombar, mas deixou pra lá ou tomou um anti-inflamatório, e como consequência, o corpo não aguentou mais e continuou a doer.
Talvez, se você tivesse parado e dobrado o corpo pra frente por 5 minutos e respirasse ali, esperando pelo alívio merecido, aquela dor terrível poderia ter sido evitada.
Lembra das aulas de alongamento que vc parou e que te deixavam de frente pra realidade frustante e que por isso você desistiu de novo?
Eu sei, faço isso comigo também. Na verdade, de nada adianta ficar remoendo o passado. A dor acontece agora e é aqui que todo vivemos de fato. Sempre, no agora, temos o ar que nos inspira, quando permitimos. Muita gente mantém a respiração superficial, mais adequada a dor es e tensões crônicas.
Procurar o alongamento e respirar na dor ainda é a melhor saída que encontrei.
Sente-se no chão com as pernas cruzadas.
Alongue para frente uma perna e deixe a outra cruzada. Avance com o tronco sobre a perna alongada. Solte a cabeça. Não importa se sua cabeça toca no joelho ou se fica pendurada em cima. Nos dois casos acontece o alongamento. Fique aí por 8 respirações. Isso, conte sua respiração enquanto deixa sua cabeça pesar pra frente e pra baixo. Se estiver muito encurtado, dobre um pouco o joelho alongado e posicione o peso em cima dos dois ísquios. Você pode também, encostar seu quadril numa parede e pender pra frente como indicado.
Volte o tronco a posição vertical e respire fundo. Agora deite-se de barriga pra cima com os membros afastados 45 graus da linha central do corpo. Respire profundamente.
Observe os apoios do seu corpo no chão. Observe a sensação de sua perna direita e esquerda.
Observe a sensação da perna que estava alongada em relação a que estava dobrada. Respire profundamente.
Volte a posição inicial, sentado no chão com a perna que estava alongada, cruzada e vice-versa. Faça o mesmo exercíciopara o outro lado. Ao terminar as 8 respirações, volte a deitar e observe o que foi trabalhado.
Pronto, é assim que a gente vai ganhando mais consciência corporal e pode usar isso para alongar e respirar na dor. Espero que tenha sido uma dica útil pra você.
Sandra Moreira Ebisawa

Anúncios